Marcas próprias já participam com quase 20% das vendas do varejo em US$ no EUA.

Marcas próprias já participam com quase 20% das vendas do varejo em US$ no EUA.

O volume de marcas próprias vendidas em grandes varejistas, lojas de clubes e lojas especializadas aumentou 33,2% nos últimos cinco anos, enquanto as marcas nacionais cresceram menos de 1%, segundo estudo da Private Label Manufacturers Association, usando dados da Nielsen. Em US$, marcas próprias cresceram 41% no mesmo período, comparado a 7,4% das marcas nacionais. A participação de mercado se ajustou de acordo: Em US$ subiu para 19,3% em 2018, de 15,5% em 2013, segundo o relatório. Insight : O aumento tem a ver com a maior disponibilidade de marcas próprias em várias categorias, especialmente em grandes varejistas como Target e Amazon. Consumidores mais jovens são mais abertos a produtos sem marca: 51% dos millennials dizem que não têm preferência entre marcas nacionais ou de lojas, de acordo com a Amazon.com da Gartner L2. Inteligência: relatório de Private Label . Mas parece ser tendência na indústria, com off-pricers, lojas de departamentos e varejistas especializados investindo em marcas internas. Ainda assim o peso de marca se mostra decisivo em categorias como saúde, alimentos e suprimentos para pets. Leia mais no link abaixo:

 

 

Private labels outpacing national brands

 

Sem Comentários

Insira um Comentário